Siga o Portal do Holanda

Médico George Butel revela grandeza quando o mundo em torno dele se apequenava

Publicado

em

“Pai, penso que não tenho as palavras que você gostaria de ouvir para confortar-te. Mas se no seu coração você achar que falhei, peço-te perdão”. 

A frase, dita pelo médico que operou Arthur, o garoto que morreu na sala de cirurgia, pode não ter sentido algum para o pai do menino, o advogado Robert Lincoln, ainda anestesiado por uma angústia que parece não ter fim, mas é uma lição de humildade, que se mistura a um só tempo a  frustração e dor. Frustração ao admitir que o conhecimento humano é limitado e que na medicina “jamais se pode garantir resultados”. E dor porque ela irradia da frustração profissional ao sentimento de perda de pais como Robert Lincoln. Com a diferença que o médico terá que enfrentar esse risco  todos os dias. O médico George Butel revelou-se como ele é:  um homem capaz de mostrar grandeza quando o mundo em torno dele se apequenava.


+ BASTIDORES DA POLÍTICA

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.